Reflexões sobre o 11º encontro de leitores do Livro de Urântia na espanha

Versão para impressãoVersão para impressão
Olga López

Olga López, Curadora Associada, Barcelona, Espanha

Leitores do Livro de Urântia em espanhol se reuniram na bela cidade de Sevilha, durante o fim-de-semana de 11 de maio. Fazia um calor incomum na Espanha, para essa época do ano, mas isso não foi uma limitação para desfrutarmos de fraternidade e bom humor.

Nosso encontro começou na tarde da sexta-feira, com três apresentações feitas por Eduardo Altuzarra, Mariano Pérez e por mim mesma. Nosso propósito era compartilhar o que havíamos aprendido no Simpósio de Liderança da UAI, realizado em julho passado em Techny Towers, Chicago, Illinois, EUA, combinado com a nossa experiência na condição de membros do Conselho Nacional Espanhol da Urântia Associação Internacional (UAI).

Essa reunião foi especial, por diversas razões. Primeiro, porque se realizou em Sevilha, cidade onde nasceu o movimento urantiano na Espanha. Segundo, porque tivemos a grata presença de diversos visitantes internacionais, entre os quais Georges Michelson-Dupont, Vice-Presidente da Fundação Urântia; Irmeli Ivalo-Sjölie, ex-Curadora Associada; Rogério Reis da Silva e sua esposa Cleci Lourdes Moraes Mattos, de Portugal; Jean Duveu, da França; e Werner Sutter, de Vancouver, Canadá. Em terceiro lugar, testemunhamos a formação de um novo Conselho Nacional da UAI.

O Encontro me deu a oportunidade de refletir sobre o que tem ocorrido na Espanha, nos últimos oito anos. Quando me tornei Presidente havia muitos leitores, mas a Associação não era eficiente – nem estava legalizada de acordo com as leis espanholas. Tínhamos três grupos de estudo, dois dos quais com apenas alguns meses de existência. Nossa associação tinha um pouco mais de trinta membros. Havia muito trabalho a fazer.

Para começar, criamos um site da Associação, para atingir mais leitores espanhóis. De forma lenta mas firme, e graças à Internet, nossa lista de leitores cresceu, descobrimos alguns líderes em potencial e começamos a estabelecer ligações com outros leitores pelo mundo afora. Dessas ligações aprendemos, com leitores e líderes mais experientes, como construir uma associação forte e duradoura.

Pouco a pouco atingimos a maioria dos objetivos: fundamos a nossa Associação, de acordo com a legislação espanhola; completamos o site, com muitos textos secundários e orientações de estudo em espanhol; duplicamos o número de associados; realizamos encontros nacionais a cada ano; fizemos exposições sobre o Livro de Urântia em várias das maiores cidades; e apoiamos a formação de mais grupos de estudo. Agora já existem dez desses grupos na Espanha.

O que mais me agrada é que somos bem conhecidos no movimento urantiano, graças em grande medida à Conferência Internacional da UAI, que se realizou na Espanha, em 2009.

Existe uma velha canção espanhola com a afirmação: “dos españoles, tres opiniones” (“dois espanhóis, três opiniões), no sentido de que é muito difícil para dois espanhóis chegarem a um acordo sobre o que quer que seja. Mas os leitores espanhóis têm hoje uma boa unidade de propósitos. Todos os líderes na Espanha estão bem conscientes dos desafios à frente e desejam enfrentá-los da maneira mais eficaz e amorosa.

Nestes momentos de incerteza, em plena crise financeira na Espanha, acho que existe uma grande oportunidade para tornar conhecidos os ensinamentos do Livro de Urântia junto aos nossos desencantados e secularizados espanhóis. Mais Livros de Urântia são vendidos na Espanha do que em qualquer outro país europeu. Acredito que isso não é só uma coincidência, e que este é um bom momento para adiantarmos a disseminação dos ensinamentos do LU aqui.

A presente geração de jovens adultos da Espanha é mais educada do que nunca, e eles estão sofrendo os efeitos da crise financeira. Por isso acho que deveríamos concentrar nossa atenção neles e dar-lhes esperança para o seu futuro.

Tenho confiança em que o novo Conselho Nacional, recentemente eleito, vai conduzir a Associação Espanhola da UAI a um novo nível no trabalho de disseminação do Livro de Urântia e de seus ensinamentos.

Siempre adelante!

Novos e antigos membros do Conselho Nacional Espanhol

Novos e antigos membros do Conselho Nacional Espanhol
Ao fundo: Mariano Pérez (grupos de estudo), Ismael Gracia (Secretário), Andrés Pérez (ex-tesoureiro) e Olga López (ex-Presidente).
Na frente: Jaime Marco (Vice-Presidente), Carmelo Martínez (Presidente) e Eduardo Altuzarra (ex-Vice-Presidente, agora Tesoureiro). Santiago Rodríguez, ex-Secretário, estava ausente por compromissos de trabalho.

Visitantes internacionais - Livro de Urântia na espanha
Visitantes internacionais, da esquerda para a direita: Werner Sutter (Canadá), Theo Herzog (Alemanha), Cleci Lourdes Moraes Mattos e Rogério Reis da Silva (Portugal), Margit Klingen (Alemanha), Jean Duveu (França), Georges Michelson-Dupont (França), e Irmeli Ivalo-Sjölie (Finlândia).
Grupo de participantes do 11º Encontro de leitores do <em>Livro de Urântia</em> na Espanha
Grupo de participantes do 11º Encontro de leitores do Livro de Urântia na Espanha

Foundation Info

Versão para impressãoVersão para impressão

Urantia Foundation, 533 W. Diversey Parkway, Chicago, IL 60614, USA
Tel: +1-773-525-3319; Fax: +1-773-525-7739
© Urantia Foundation. All rights reserved