Primavera para o Novo El libro de Urantia

Versão para impressãoVersão para impressão
Víctor García-Bory

A primavera enfeita a cidade de Nova York enquanto escrevo este artigo. É a época de renovação, renascimento e florescimento de bulbos plantados há muito tempo. Trabalhando em casa, olho para meu filho de 12 anos, Miguel, que está fazendo o dever de casa no computador...


Víctor García-Bory & Miguel
Víctor García-Bory & Miguel

Por Víctor García-Bory, curador associado emérito e gerente da equipe de revisão espanhola, Urantia Foundation, Nova York, Estados Unidos

A primavera enfeita a cidade de Nova York enquanto escrevo este artigo. É a época de renovação, renascimento e florescimento de bulbos plantados há muito tempo. Trabalhando em casa, olho para meu filho de 12 anos, Miguel, que está fazendo o dever de casa no computador. Ele está focado, mas parecendo cansado após um longo dia de aulas online nesta realidade da era pandêmica. Observando-o, sentindo-me feliz por estar junto e com saúde, eu desvio minha atenção do tributo humano do ano passado para um horizonte maior. Lembro-me de muitas coisas positivas acontecendo ao redor do mundo. Estamos fazendo a transição para uma época mais esperançosa, capitalizando as lições aprendidas à medida que as memórias negativas desaparecem no passado.

Minha imaginação salta 12 anos para a primavera de 2033. Eu me pergunto como meu filho será quando sair da primavera de sua vida, durante a qual ele foi amado, instruido e nutrido, e entra no verão da idade adulta. Meu filho é um menino envolvente, curioso, precoce e trilíngue, e espero que continuemos a ter conversas significativas e sérias. Olhando para trás, ele pode muito bem me perguntar: “Por que você passou tanto tempo durante a minha infância trabalhando no projeto El libro de Urantia?”

Ele estaria certo em perguntar, já que foi uma década inteira de trabalho. E eu ficaria muito feliz em respondê-lo. Seria uma oportunidade de compartilhar a própria essência da inspiração divina e da unidade espiritual que levou a mim e a um grupo de amigos queridos em uma jornada única de serviço amoroso. E nesta conversa, Miguel espera que eu explique precisamente o que quero dizer com tudo isso!

Eu explicaria que fiz esse trabalho para o progresso e a unidade espiritual de nossa família, nossa extensa família de falantes de espanhol ao redor do mundo e a irmandade de homens, mulheres e anjos na Terra sob nosso Pai Celestial. Gostaria de enfatizar que trabalhei como membro de uma equipe de religiosos que buscam discernir a vontade de Deus e servir. Cada um de nós, tendo recebido o dom da revelação divina, desejou dar algo em troca.

Eu compartilharia com ele que desde meados dos anos 90 e em 2021 houve duas traduções para o espanhol do Livro de Urântia, e que a primeira tradução começou em 1986, quando a Urantia Foundation trabalhou com uma empresa de tradução profissional. Com a supervisão de vários leitores bilíngues de língua espanhola e inglesa, foi finalmente publicado em 1993. Miguel então me ouviu explicar que El libro de Urantia mal havia sido lançado quando leitores na Europa começaram a revisá-lo. Esta primeira revisão tornou-se a Edição Europeia do El libro de Urantia e foi publicada pela Fundação em 2009.

Eu explicaria ao meu filho de 24 anos que logo ficou evidente que ter duas traduções diferentes para o espanhol causava confusão entre os leitores. Afinal, havia diferenças distintas entre eles. Então, no espírito de criar um texto unificado e de alta qualidade em espanhol, entrei para o conselho ampliado de curadores da Urantia Foundation em 2010 para ajudar neste projeto. Desenvolvemos um processo de trabalho e metodologia e, em seguida, formamos uma equipe de revisão.

Ele olharia para mim com atenção, querendo fazer muito mais perguntas, mas eu pediria um pouco de paciência e explicaria que desde 2011 essa equipe de dedicados e antigos alunos da revelação passou os últimos 10 anos colaborando em uma simples revisão aprofundada e de alta qualidade do texto em espanhol. Ele ficaria sabendo da minha felicidade e que os frutos de nossos esforços foram abundantes. Mas não foi apenas o trabalho da equipe de revisão, mas também o de dezenas de leitores de língua espanhola que se ofereceram para estudar o texto, fazer perguntas e fornecer feedback sobre sua clareza e fidelidade ao original.

Coletivamente, representamos uma seção transversal diversificada de países de língua espanhola de ambos os lados do Atlântico; ainda assim, por meio de nosso trabalho, camaradagem e amizade, experimentamos uma profunda unidade espiritual. Lembramos a discussão em Amathus, quando Tiago Zebedeu perguntou: “Mestre, como aprenderemos a ver de um modo igual, para assim desfrutarmos de maior harmonia entre nós próprios?” Fomos tranquilizados por sua resposta emocionada: “Tiago, Tiago, quando foi que eu ensinei a vós que devêsseis ver tudo do mesmo modo? Eu vim ao mundo para proclamar a liberdade espiritual, com o fito de que os mortais pudessem ter o poder de viver vidas individuais de originalidade e de liberdade, diante de Deus. Eu não desejo que a harmonia social e a paz fraterna sejam compradas com o sacrifício da livre personalidade e da originalidade espiritual. O que eu vos peço, meus apóstolos, é a unidade espiritual — e isso vós podeis experimentar na alegria da vossa dedicação unida a fazer de todo o coração a vontade do meu Pai no céu.” 141:5.1 (1591,6)

E, de fato, eu diria a Miguel, foi esse o caso, como cada um de nós pode testemunhar. Experimentamos unidade em nosso serviço a Deus, cada um contribuindo com nossos dotes únicos de mente, corpo e alma. Desfrutamos da sensação sublime de harmonia que acompanha o compartilhamento de um propósito espiritual comum. Como seres humanos imperfeitos, fomos unidos no desejo de fazer a vontade de nosso Pai.

Tão certo quanto a primavera inaugura uma nova vida, a edição de 2021 do El libro de Urantia também oferece uma oportunidade para novos começos, uma nova apresentação dos significados e valores do livro e uma confiança renovada em sua qualidade e fidelidade. Acreditamos que os frutos de nosso trabalho ajudarão a manifestar os frutos do espírito para as gerações futuras.

Mais uma vez eu descanso meus olhos no meu agora entusiasmado filho de 12 anos, que me diz que seu dever de casa está feito e ele está pronto para jogar. E penso comigo mesmo: “Sim, levou uma década inteira, mas uma revelação histórica não merecia menos. Fiz isso por amor ao nosso Pai Celestial e também a você, meu filho”.

Foundation Info

Versão para impressãoVersão para impressão

Urantia Foundation, 533 W. Diversey Parkway, Chicago, IL 60614, USA
Tel: +1-773-525-3319; Fax: +1-773-525-7739
© Urantia Foundation. All rights reserved