O Texto Padrão de Referência—Contexto Histórico e Propósito

Versão para impressãoVersão para impressão
Marvin Gawryn

Por Marvin Gawryn, gerente de projeto, Comitê de Texto de Referência Padrão, Nevada, Estados Unidos

Nota do Editor: O Comitê de Referência Padrão de Texto foi formado inicialmente em 2007. Os membros atuais são Marilynn Kulieke e Merritt Horn, co-presidentes; Marvin Gawryn, gerente de projeto; Ken Keyser; David Kulieke; Jay Peregrine; e Tamara Strumfeld. O trabalho do comitê é revisar todas as passagens trazidas à sua atenção que possam conter um possível erro e fazer uma recomendação para adotar uma correção ou manter o texto original.

O Texto Padrão de Referência (TPR) teve sua origem durante um significativo período de transição na história de nosso jovem movimento de Urântia. Por mais de 50 anos, a Comissão de Contato, seguida pelos curadores da Urantia Foundation, protegeu o texto do Urantia Book, mantendo sua integridade como única editora por mais de uma dúzia de impressões. Em 2005, alguns anos depois que o texto anteriormente protegido por direitos autorais passou para o domínio público e a Urantia Book Fellowship começou a publicação do texto, tornou-se aparente para ambos os editores que uma nova abordagem era necessária para continuar a cumprir o mandato de preservar o texto “ inviolado”, inalterado de fato e de significado.

Foi nesse contexto que foi proposta a ideia de uma comissão mista, composta igualmente por representantes indicados pela “Foundation” e pela “Fellowship.” Os detalhes foram acertados e em 2007 um comitê permanente de seis membros foi formado. O comitê foi encarregado de estabelecer e continuar a supervisionar um processo pelo qual ambos os editores concordariam em imprimir o “Texto Padrão de Referência” de O Livro de Urântia.

A tarefa foi substancial. De acordo com documentos históricos, o texto revelado dos Documentos de Urântia foi predominantemente recebido em forma manuscrita ou estenográfica e passou por várias etapas de datilografia e composição em preparação para a impressão inicial de 1955. Esforços meticulosos para evitar erros de ortografia, pontuação, letras maiúsculas e outros erros de digitação nesta primeira impressão foram amplamente bem-sucedidos. Isso foi notável para um volume de mais de dois milhões de palavras e 2.000 páginas.

O editor e leitores dedicados continuaram a procurar por erros remanescentes; na época da segunda impressão (1967), menos de 40 outros foram encontrados e corrigidos. Naquela época, era bem sabido que a descoberta e a correção de tais erros menores precisariam continuar por meio de impressões subsequentes e a substituição ocasional de chapas de impressão desgastadas. A transição posterior para as edições eletrônicas do texto apresentou desafios semelhantes.

Na época em que o Comitê TPR foi estabelecido, a Fundação estava em sua 16ª edição e a Fellowship em sua 3ª. A necessidade de revisar todo o histórico de correções feitas foi a primeira tarefa do comitê. Depois de mais de dois anos de trabalho intensivo, a tarefa foi concluída em 2009, resultando no primeiro relatório substancial do comitê e em recomendações aos editores. Este relatório foi adotado por ambas as organizações como base para o Texto Padrão de Referência.

O Comitê TPR continuou a se reunir para cumprir sua tarefa, submetendo relatórios adicionais aos editores em 2015 e 2018, e o próximo relatório será em 2021. Bem mais de 300 itens foram considerados até o momento, resultando em 175 correções na edição da primeiro impressão em 1955. Todos os relatórios e recomendações do comitê foram adotados por ambas as editoras, estabelecendo assim o texto padrão difundido e adotado por todas as principais editoras online e usado universalmente em projetos de tradução. Esses relatórios, recomendações e informações relacionadas podem ser encontrados em urantia.org/study/adopted-corrections-1955-text.

É bem entendido que a filosofia de trabalho do comitê, seu propósito e metodologia, têm sido inerentemente conservadores: fazer apenas as correções necessárias e menores ao texto "original" de 1955, e assim garantir a integridade das impressões publicadas pela Fundação e pela Fellowship. Os leitores podem ter certeza de que qualquer publicação do Livro de Urântia que usa o TPR é essencialmente idêntica ao texto que foi publicado em 1955, incorporando as correções necessárias para a grafia, pontuação e questões gramaticais relacionadas à primeira impressão.

Um item recente de consideração refere-se a uma questão que o Comitê reconhece ser relevante para seu propósito. À medida que a língua inglesa continua a evoluir e o uso muda, especialmente ao longo dos séculos de vida desta revelação, a linguagem do texto em muitas de suas passagens pode se tornar arcaica e talvez até incompreensível.

Em suas deliberações mais recentes, o comitê discutiu a ideia de "modernizar" essa linguagem arcaica e concordou por unanimidade em recomendar aos editores a seguinte resolução, que foi adotada pelo Conselho de Curadores da Fundação:

Resolução do Comitê TPR em Consideração à Linguagem Arcaica

O Comitê TPR recomenda a adoção das seguintes diretrizes ao considerar possíveis exemplos de linguagem "arcaica" no texto de O Livro de Urântia:

1. Palavras e frases arcaicas são aquelas que antes eram usadas regularmente em uma língua, mas agora raramente são encontradas. Elas têm características da linguagem do passado e são retidas para propósitos especiais, como para se referir a significados únicos ou incomuns associados a essas formas e para preservar o texto original de uma obra mesmo com a evolução da linguagem ao longo do tempo.

2. Ao revisar possíveis exemplos de linguagem arcaica em O Livro de Urântia, onde não existem outras questões relacionadas ao nosso mandato de edição de cópias, a preferência do Comitê TPR será manter a linguagem em sua forma original de 1955. O comitê incluirá tais instâncias em sua compilação de itens considerados, juntamente com qualquer comentário esclarecedor de suas deliberações.

A Urantia Foundation permanece dedicada a proteger e publicar o texto de 1955 livre de erros. O Comitê TPR sempre será parte integrante deste processo, e somos gratos por sua competência, supervisão, comprometimento e serviço à revelação.

Foundation Info

Versão para impressãoVersão para impressão

Urantia Foundation, 533 W. Diversey Parkway, Chicago, IL 60614, USA
Tel: +1-773-525-3319; Fax: +1-773-525-7739
© Urantia Foundation. All rights reserved