Assembleia das mulheres — uma experiência edificante

Versão para impressãoVersão para impressão
Line St-Pierre and Katharina Becker

Pela Line St-Pierre, curadora associada, Québec, Canadá, e Katharina Becker, Novo México, Estados Unidos

"A união de alma—a mobilização da sabedoria. Todo ser humano, mais cedo ou mais tarde, adquire um certo conceito deste mundo e uma certa visão do próximo. Pois bem, é possível, por meio da conjunção de personalidades, unir essas visões da existência temporal e das perspectivas eternas. Assim, a mente de um aumenta os seus valores espirituais ao ganhar muito do discernimento interior do outro”. ~ Rodan de Alexandria 160:2.7 (1776.1)

Freqüentar o Parlamento Mundial das Religiões em outubro passado em Salt Lake City, Utah, Estados Unidos, foi um sonho tornado realidade, especialmente porque o primeiro dia foi dedicado às mulheres e a sua importância e a participação nele, na época atual. Os membros de um painel de quinze mulheres—composto por palestrantes de muitas fés, que eram mães, avós, filhas e irmãs—compartilharam suas experiências, conhecimento, paixão e visão de como tornar este mundo um lugar melhor.

Seu amor, poder e força interior deram aos participantes a esperança por elucidar as reais possibilidades de “Recuperar o coração de nossa humanidade” (pedindo emprestado o título de um evento de pré-Parlamento). Muitos das palestrantes nos ajudaram a entender o que tem de acontecer para se efetuar a cura da humanidade. Elas exortaram as mulheres a ouvir e confiar em seu mestre interior e falar de coração, sem julgamentos. Chamaram as mulheres para serem portadoras de luz e amor e tomar os atributos do Deus. Eles pediram às mulheres participantes para formarem círculos com centros espirituais sagrados, serem ativistas de dentro e, como mulheres espirituais e de fé, para elevar a todas as mulheres.

Esta primeira assembleia das mulheres foi assistida por mais de três mil pessoas, incluindo algumas centenas de homens. Ao longo deste dia e continuando durante a conferência toda, havia um entendimento crescente e até mesmo um senso de urgência sentida por mulheres no Parlamento para a necessidade de recuperar a nossa dignidade, nossa importância e nosso valor como mulheres, mães e professores. O Livro de Urântia lembra-nos que “mulher, contudo, tem sempre sido o esteio moral e tem tido a liderança espiritual da humanidade. É a mão que embala o berço e que ainda confraterniza com o destino”. 84:6.4 (938.8)

Não obstante a diversidade de credos religiosos, no Parlamento, os participantes exibiram uma unidade espiritual, um olhar na mesma direção em direção um propósito maior, um divino, ao Deus nosso Pai-Mãe. Durante as oficinas, em círculos, mulheres se conectaram a nível do coração através de rituais, orações e reflexões. Ao apoiar umas às outras com compaixão, mulheres plantaram sementes de amor e experimentaram maior compreensão.

O Livro de Urântia encoraja-nos, na medida em que crescemos espiritualmente, para “construir uma nova e atraente filosofia de vida” que integra verdade, beleza e bondade. Nós sentimos que a reunião de mulheres no Parlamento demonstrou como as mulheres estão sentindo a chamada para construir uma nova filosofia de vida. 2:7.10 (43,3)

“Entretanto, o grande problema do viver religioso consiste na tarefa de unificar os poderes da alma da pessoa, por meio da predominância do AMOR”. 100:4.3 (1097.7)

O que vai repercutir por muito tempo—talvez para sempre—é a partilha de histórias de muitas mulheres de consciente de Deus, com vozes e pensamentos, tais como:

“O que é a minha religião? É a presença e o fôlego da nossa fonte divina—amor—amor incondicional!” ~ Dr. Rose Pere

“O amor revolucionário é a chamada de todos os tempos. Perdoar não é esquecer. O perdão é libertação do ódio”. ~ Valarie Kaur

“Ser alunos uns dos outros, ser professores uns dos outros. Mães são as nutrizes do mundo”. ~ Avó ameríndia

“A Esperança o inicia, mas a Fé o termina”. ~ Bispa Barbara King

“A crença é que podemos criar o que quisermos”. ~ Mallika Chopra

“É muito importante ensinar nossos filhos a assumir a responsabilidade por suas vidas, para entender sua finalidade e seu poder e reescrever os erros da nossa sociedade” . ~ Ilyasah Shabazz

“A ideia de mulheres mudando o mundo, é uma possibilidade muito real. Nós somos a solução, se pudermos ver a beleza, a força e a capacidade em mulheres”. ~ Jean Shinoda Bolen

“Bem-vindo à revolução e o brilho com o divino”. ~ Diana Butler Bass

“Quando você dá às mulheres educação, elas se tornam apaixonadas e livres pensadoras. Elas elevam crianças apaixonadas e livres-pensadoras, que crescem e serão adultos apaixonados de livre-pensamento— e adultos apaixonados livres-pensadores são difíceis de manipular e impossível de controlar”. ~ Marianne Williamson

Podemos reconhecer em muitas dessas vozes de alguns dos nossos próprios pensamentos e até mesmo percepções, em algumas das declarações, os aspectos dos ensinamentos de O Livro de Urântia. Sentimo-nos profundamente gratas pela perspectiva cósmica que temos recebido da quinta revelação epocal. Que paz de espírito é saber de onde viemos e para onde estamos indo.

Foundation Info

Versão para impressãoVersão para impressão

Urantia Foundation, 533 W. Diversey Parkway, Chicago, IL 60614, USA
Tel: +1-773-525-3319; Fax: +1-773-525-7739
© Urantia Foundation. All rights reserved