Nossa viagem à América do Sul

Versão para impressãoVersão para impressão
Mo Siegel

Ao longo de nossa viagem conhecemos muitos generosos e devotados leitores do Livro de Urântia. Para esses estudantes é mais difícil terem livros disponíveis e em preços mais acessíveis do que na América do Norte.


Por Mo Siegel, Presidente, Fundação Urântia, Boulder, Colorado, EUA

Cento e oitenta mil cópias da tradução espanhola do Livro de Urântia foram vendidas desde sua primeira publicação em 1993. A tradução portuguesa foi publicada em 2008 e tem mais de oito mil cópias vendidas no Brasil. Com isto em mente, em 26 de janeiro de 2012, minha esposa, Jennifer, e eu arrancamos para 1) conhecer leitores no Brasil, Argentina, Uruguai e Chile; 2) verificar a disponibilidade, preço e distribuição do Livro de Urântia em livrarias; e 3) vivenciar algumas das aventuras de Magalhães ao atravessar o Cabo Horn em navio. Durante décadas ansiei viajar através do Estreito de Magalhães, dobrar o Cabo Horn e visitar as comunidades do sul mais longínquo.

Missão cumprida!

Susana Hüttner Palaia, Mo Siegel, Ligia Zotini
Susana Hüttner Palaia, Mo Siegel, Ligia Zotini
Bolo de aniversário Carlos Silva Leite, na forma do <em>Livro de Urântia</em>
Bolo de aniversário Carlos Silva Leite,
na forma do Livro de Urântia

Ao longo de nossa viagem conhecemos muitos generosos e devotados leitores do Livro de Urântia. Para esses estudantes é mais difícil terem livros disponíveis e em preços mais acessíveis do que na América do Norte. Nos EUA a Amazon.com vende a versão Kindle do Livro de Urântia por USD$7,16, o exemplar de capa flexível por USD$15,61 e o exemplar de capa dura por USD$18,45. O exemplar de capa flexível é vendido no Brasil pelo equivalente a USD$27 a 44; na Argentina, por USD$40 a 50; no Uruguai, por USD$100; e no Chile, por USD$70 a 80.

As livrarias online são virtualmente inexistentes fora do Brasil. A maioria das livrarias não faz estocagem do Livro de Urântia, mas este pode ser encomendado. Apesar dos preços elevados e pouca disponibilidade, a Revelação Urantiana tem sido solidamente aceita na América do Sul.

Brasil

Iniciamos nossa viagem em São Paulo com uma afetuosa acolhida no aeroporto pela Susana Hüttner Palaia e pela Ligia Zotini. Na primeira tarde visitamos livrarias em São Paulo. Graças ao trabalho esforçado de Jay Peregrine e Tamara Strumfeld, o livro está exposto nas estantes de dez livrarias da FNAC no Brasil. A FNAC vende os livros pelo equivalente a USD$27. A maioria das outras lojas no Brasil vende a versão de capa flexível pelo menos por USD$44.

Após visitarmos lojas, fomos para a casa de Susana e Sabino e passamos um tempo com leitores. Tivemos um maravilhoso jantar em que os anfitriões foram Caio e Nancy Caffé. No dia seguinte, Susana organizou uma reunião de tamanho considerável em sua casa; alguns dos leitores viajaram muitas horas para estarem presentes. Ficamos profundamente sensibilizados pelo seu entusiasmo pela Revelação Urantiana e sua graciosa hospitalidade. Depois fomos à festa de aniversário do Carlos Leite da Silva.

Atualmente, há 57 grupos de estudo ativos no Brasil. Ouvimos histórias maravilhosas sobre como as pessoas encontraram O Livro de Urântia no Brasil. Quase metade das pessoas disse que as obras de J. J. Benitez os induziram a pegar no livro. Em Cavalo de Tróia, sua saga de diversos volumes, Benitez recorreu extensamente a ensinamentos da Parte IV do Livro de Urântia.

Uma coisa é muito óbvia: Susana tem sido uma influência unificadora e coordenadora para os leitores brasileiros. Ela tem um potencial extraordinário de energia amorosa e coordenação social.

Se você quiser saber mais sobre as atividades no Brasil, visite www.urantia.org.br e www.elub.com.br. Além disso, existem grupos urantianos em redes sociais como o Facebook e o Orkut.

Reunião de leitores na casa de Susana e Sabino
Reunião de leitores na casa de Susana e Sabino

Argentina

Depois de deixarmos o Brasil, voamos para a Argentina, onde fomos recebidos por Carlos Rubinsky. Se aprendemos algo em nossa viagem é que é necessária liderança para estabelecer a Revelação Urantiana em um país. Carlos Rubinsky tem sido a força unificadora e impulsionadora para O Livro de Urântia na Argentina. Ele patrocinou grupos de estudo, comunicações, reuniões, feiras do livro e outros esforços de disseminação para leitores.

Carlos e sua esposa, María Inés, foram os anfitriões de uma reunião e um delicioso jantar em sua casa. Começamos por discutir como descobrimos O Livro de Urântia e finalizamos com deliciosas empanadas argentinas e pizza.

O cenário era tudo o que se poderia sonhar da casa de um artista inspirado no Livro de Urântia.

Lindas pinturas penduradas em todas as paredes e abundantes sentimentos de boa vontade.

Em nosso segundo dia na Argentina, visitamos o novo distribuidor de livros da Fundação Urântia. Graças aos esforços de Henk e Claire Mylanus, no ano passado angariamos um distribuidor argentino que irá aumentar a distribuição do livro. Eles esperam vender 600 livros no primeiro ano.

Depois de nos reunirmos em seu escritório, eles nos levaram a cinco livrarias em Buenos Aires. Todas as livrarias tinham exposições destacadas do Livro de Urântia, o qual é vendido por USD$40 ou mais, dependendo da livraria.

Uma noite fantástica na casa de Carlos e María
Uma noite fantástica na casa de Carlos e María
Horacio Brupbacher, Jennifer, Mo, Alberto Brupbacher
Horacio Brupbacher, Jennifer, Mo, Alberto Brupbacher

Uruguai

Saímos de Buenos Aires e nos dirigimos para Punta del Este, no Uruguai. Nesta linda estância no litoral, nos encontramos com Alberto e Horacio Brupacher, defensores de longa data da Fundação Urântia. Passamos uma bela tarde com eles discutindo os ensinamentos do Livro de Urântia, grupos de estudo e distribuição do livro. Alberto e Horacio mostraram-nos interessantes sites sobre O Livro de Urântia, os quais usam para estudo pessoal e apresentações do livro. Contaram-nos sobre serem os anfitriões de um encontro de oitenta leitores do Livro de Urântia. Agora, sempre que possível, dão seminários de apresentação a novos leitores. Não existem grupos ativos em Punta del Este e é difícil achar o livro. Encontraram um livro em uma cidade a cerca de quarenta quilômetros de distância. USD$100 é o preço corrente para O Livro de Urântia no Uruguai.

Adoramos passar tempo com os irmãos Brupacher. Estes gêmeos idênticos vivem na mesma casa, casaram com irmãs e possuem um negócio de mobiliário em sociedade. O filho de Alberto riu-se quando contou à Jen que os dois irmãos costumam aparecer para o café da manhã usando roupas iguais. Jen disse que os irmãos se pareciam com estrelas do rock ou estrelas de cinema num filme sobre surf. Sinto-me abençoado por ter passado uma tarde com estes companheiros buscadores da verdade. Depois de voltarmos para Boulder, fomos ao grupo de estudo e estávamos lendo sobre o universo local. Fechei os olhos e visualizei Alberto e Horacio a meio mundo de distância lendo as mesmas descrições empolgantes de Nebadon.

Alessandro Guarneri, Mo, Jennifer
Alessandro Guarneri, Mo, Jennifer
Jennifer com Jon DeToy e Pradhana Fuchs
Jennifer com Jon DeToy e Pradhana Fuchs
Flor Robles
Flor Robles com seus diagramas para estudo

Cabo Horn, Ushuaia, o Estreito de Magalhães e os fiordes chilenos

Muitas vezes há disparidade entre a realidade e as nossas fantasias. Para mim, a viagem dobrando o Cabo Horn foi uma dessas situações. Viajar pelas vias marítimas velejadas por Magalhães, Sir Francis Drake e o Capitão Cook me parecera uma aventura romântica. A realidade para mim foi seis dias de enjoo. Dizem que aquelas águas são das mais difíceis do mundo; então eu já deveria estar prevenido. Mesmo assim, estou contente por termos feito a viagem.

Chile

Puerto Varas

Felizmente, Marian Hughes, uma leitora de longa data no Havaí e dona de uma casa no Chile, tomou conhecimento de nossa viagem. Marian providenciou um guia e um carro para que pudéssemos conhecer um leitor, Alessandro Guarnieri, que mora em Puerto Varas. Tivemos uma refeição deliciosa e uma bela conversa com Alessandro.

Renaca

Jon DeToy nos apanhou em Valparaiso e nos levou à comunidade artística “Blowing in the Wind”, em Renaca. Esta comunidade tem uma série de leitores do Livro de Urântia e mais se lhes juntarão em breve. Jon, um cidadão americano, recentemente se mudou para o Chile e levou consigo 120 exemplares do Livro de Urântia em espanhol. Visitamos um agradável grupo de leitores, após o que Jon e sua família nos levaram a um encontro de leitores maior em Santiago.

Santiago

Flor e Georges Robles foram anfitriões de uma reunião de leitores de Santiago desde as 13h30 até as 20h00. Flor e Georges gentilmente ofereceram almoço e jantar a todos. Era uma tarde quente de um domingo de verão, e a reunião foi agradavelmente descontraída. Papeamos, lemos o livro e comemos, enquanto as crianças nadavam na piscina.

Soubemos de diversas coisas durante a reunião. Há cerca de trezentos leitores ativos em Santiago e seis grupos de estudo. Os livros são caros. Os de capa flexível custam USD$70 a 80. O grupo se queixou muito dos preços elevados e foi dito que os preços deveriam ser de USD$30 a 40. Disseram que o preço era muito alto por causa de um imposto de valor acrescentado de 19% e uma taxa de importação de 9%. Expliquei que a Fundação Urântia queria preços justos e que vendíamos exemplares de capa flexível para o nosso distribuidor na América Latina por USD$10.

Na segunda-feira visitamos livrarias e encontramos um livro de capa flexível – embrulhado em papel celofane na seção de “reservados” – custando USD$70. Os leitores expressaram seu agradecimento pela ajuda que haviam recebido para obter livros, graças aos esforços generosos de Marion Hughes, o Pipeline of Light e outros doadores.

Conhecemos leitores entusiastas e dedicados. Por exemplo, Yolanda Silva Solona, leitora de Santiago, tem um blog que dissemina os ensinamentos do livro para 5 mil pessoas. Flor criou muitos apoios para estudo que podem ser vistos em http://www.scribd.com/diagramas606. Nossa viagem a Santiago valeu imenso a pena. Estamos gratos pelos novos amigos que fizemos no Chile.

Conclusões

O Livro de Urântia tem profundas raízes na América do Sul. Sentimos o respeito e a paixão pela Revelação Urantiana onde quer que fomos. Também sentimos apoio e lealdade à Fundação Urântia.

Além disso, soubemos o seguinte sobre distribuição de livros nestes países:

  1. A revolução de livros digitais norte-americana não ocorreu nos países que visitamos. Começou no Brasil, mas levará no mínimo uns cinco ou mais anos para ter um impacto substancial. Não tivemos qualquer notícia nem vimos que os livros digitais/online afetassem as vendas nas livrarias na Argentina, Uruguai ou Chile. Livrarias permanecem como os elos vitais na corrente e parecem prosperar por toda a América do Sul.
  2. O preço do Livro de Urântia é muito alto exceto no Brasil. Custos de transporte, impostos governamentais, taxas e margens de lucro de distribuidor e varejo tornam o preço inacessível para muitos latino-americanos. O Livro de Urântia é um dos livros mais caros nas livrarias. Precisamos de um programa ativo para reduzir o preço.
  3. Grupos de estudo são a melhor maneira de disseminar O Livro de Urântia e seus ensinamentos. Cada esforço que empregamos no apoio a grupos de estudo ajudará a criar infraestrutura e estabilidade para a Revelação Urantiana.
  4. É preciso apoio contínuo para os esforços de disseminação dos indivíduos e aquelas organizações que enviam caixas de livros para leitores e grupos de estudo na América Latina.
  5. Precisamos expandir as ferramentas da internet para a leitura, ensino e partilha do Livro de Urântia.
Discutindo os ensinamentos do <em>Livro de Urântia</em> com leitores de Santiago
Discutindo os ensinamentos do Livro de Urântia com leitores de Santiago

Foundation Info

Versão para impressãoVersão para impressão

Urantia Foundation, 533 W. Diversey Parkway, Chicago, IL 60614, USA
Tel: +1-773-525-3319; Fax: +1-773-525-7739
© Urantia Foundation. All rights reserved