O Que O Livro de Urântia Significa para Mim - Michelle Heulot

Versão para impressãoVersão para impressão
Michelle Heulot

Por Michelle Heulot, Chinon, França

Somos todos peregrinos no caminho da vida e da verdade. Meu caminho foi iluminado quando descobri O Livro de Urântia, ou melhor, quando ele me encontrou! Eu estava então no meio de uma convulsão religiosa e espiritual, minhas pesquisas científicas, arqueológicas e históricas abalaram minhas convicções com base em uma interpretação literal da Bíblia.

Por décadas, confiei cegamente em uma instituição religiosa, a única detentora da “verdade”, mas que de fato distorceu a verdade ao adicionar regras e dogmas interpretativos. Essas descobertas progressivas provocaram em mim estados dolorosos de consciência: amargura, indignação, vergonha, tristeza, desânimo e até depressão.

No auge da minha confusão, quando orava, as palavras de Cristo em João 14:6, “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”, voltavam continuamente para tocar meu coração e desafiar minha alma. E foram exatamente essas palavras que me deram energia e coragem e determinação para começar uma nova busca.

Entre os sites espirituais que consultei, a Urantia Book International School (UBIS) chamou minha atenção com um curso sobre religião verdadeira. Minha primeira experiência com UBIS, em setembro de 2016, seguida de muitas outras, desencadeou uma determinada busca por pesquisas que aos poucos foi respondendo minhas perguntas com consistência e lógica.

Compreendi que a verdadeira religião é uma experiência espiritual pessoal não sujeita a interpretações humanas; que eu tinha que me libertar dessa camisa de força para encontrar Deus por mim mesmo, como Jesus recomendou, e conhecê-lo em minha própria alma.

No entanto, nesse caminho de descoberta, avancei com prudência e discernimento, trazendo um espírito crítico e analítico para apoiar essas novas percepções religiosas. A equipe que apoiava minha caminhada de peregrino tornou-se cada vez mais reconfortante, poderosamente energizada pela "… a verdade de que o Reino do céu é a irmandade espiritual dos homens, fundada sobre o fato eterno da paternidade universal de Deus." 163:7.4 (1808.6)

O plano de Deus que eu estava descobrindo exerceu em minha mente um fascínio extraordinário: este Pai universal, onipotente, onipresente e onisciente delegando todos os seus poderes a coordenados e subordinados que colocam em prática formas e meios para que criadores e personalidades criadas possam viver e progredir eternamente. Quanto mais penetrava nos mistérios de Deus, maior era minha fome religiosa.

Ao praticar fielmente a meditação de adoração, experimentei uma comunicação íntima e preciosa com o fragmento divino interior. Isso me inspirou e vivificou minha fé. Essa fé viva me deu coragem e força para superar os medos que paralisam — medo do desconhecido, medo de ser condenado ao ostracismo, medo de perder o rumo e medo de ser rejeitado.

Gradualmente, comecei a compreender que O Livro de Urântia expande e esclarece muitos dos ensinamentos e conceitos difíceis de entender na Bíblia, e que os conflitos aparentes entre a Bíblia e as ciências derivam de várias doutrinas e interpretações teológicas. Tomei consciência da valiosa contribuição da Bíblia para o gradual despertar da humanidade para acolher e apreciar as revelações oferecidas por personalidades espirituais.

Como fiquei feliz por saber que as verdades do Evangelho persistirão gloriosamente graças aos novos educadores que “ousarão depender exclusivamente de Jesus e dos seus ensinamentos incomparáveis” e que se dedicarão “exclusivamente à regeneração espiritual” da humanidade. 195:9.4 (2082.9)

Nos últimos cinco anos que tenho trilhado este caminho de dedicação para fazer a vontade de Deus com todo o meu coração, uma nova consciência de força espiritual e alegria me acompanha todos os dias, uma fé viva e crescente em um mundo espiritual bondoso e amigável que é uma resposta à minha procura exigente e sincera de Deus. E descobri, ao buscar e encontrar minhas próprias verdades, ao nutrir minha relação pessoal com o Espírito de Deus, uma paz dinâmica e sublime, “aquela paz que ultrapassa todo entendimento humano, aquele equilíbrio cósmico que indica a ausência de qualquer dúvida e turbulência. ” 100:6.6 (1101.1)

Essa confiança e certeza nas realidades eternas e universais alimentam constantemente minha alma grata, que tem apenas um desejo ardente: expressar louvores ao Criador, meu Pai Celestial, e comprometer-se em Seu plano universal.

Uma fuga para a liberdade espiritual e um compromisso total com o amor universal sem limites ou preconceitos é o que O Livro de Urântia significa para mim, com esta injunção de nosso Mestre Cristo Jesus impressa em minha alma: “Devote sua vida para provar que o amor é a maior coisa neste no mundo." 192:2.1 (2047.5)

Foundation Info

Versão para impressãoVersão para impressão

Urantia Foundation, 533 W. Diversey Parkway, Chicago, IL 60614, USA
Tel: +1-773-525-3319; Fax: +1-773-525-7739
© Urantia Foundation. All rights reserved