Lembrando Mark Bloomfield

Versão para impressãoVersão para impressão
Kathleen Swadling
Mark Bloomfield
Mark Bloomfield

Por Kathleen Swadling, Sydney, Austrália

Mark Bloomfield foi ex-representante de campo da Urantia Foundation. Ele realizou trabalho voluntário desde o final dos anos 90 até o início dos anos 2000. Mark obteve muito sucesso ao colocar os Livros de Urântia em bibliotecas públicas, seminários, faculdades, universidades e outros locais de aprendizado em todo o mundo. Ele semeou pessoalmente cerca de 9.000 livros de Urântia!

Ele ficou particularmente inspirado a semear a revelação nos países em desenvolvimento onde viveu e trabalhou por muitos anos como missionário humanitário. Mark trabalhou com Madre Teresa na Índia por alguns anos antes de se dedicar à semeadura de Livros de Urântia. Tendo experimentado em primeira mão a situação dolorosa e atroz de mulheres e crianças, ele decidiu dedicar sua vida a tratar a causa dos problemas do mundo, e não os sintomas. Ele foi verdadeiramente motivado a semear a Revelação de Urântia nas mãos de pessoas instruídas que viviam entre os milhões inocentes que foram apanhados no ciclo da ignorância e da pobreza.

Durante muito tempo, servi como gerente representativo da Fundação Urantia, onde tive o prazer de ajudar na coordenação dos muitos projetos de semeadura de Mark no campo. Eu participei de três livrarias na Índia quando Mark morava lá. Ele cuidou de todas as providências para o estande, incluindo a importação e entrega dos livros. Ele também atuou como acompanhante e educador da cultura indiana para nós, visitantes ocidentais que não estavam familiarizados com as complexidades da vida na Índia. A capacidade de Mark de se envolver com pessoas interessadas que visitaram nosso estande foi impressionante, para dizer o mínimo. Ele foi eloqüente, gracioso e capaz de adaptar os ensinamentos do Livro de Urântia a literalmente centenas de pessoas oriundas das diversas religiões praticadas na Índia.

Mark era verdadeiramente altruísta e surpreendentemente corajoso na maneira como empreendeu esse trabalho incrível de semear milhares de livros. Ele poderia viver em um local apertado e permanecer em acomodações incrivelmente precárias que muitos de nós no oeste nunca sonhariam em ficar. Ele deixou um rastro significativo de revelação na Índia, América Latina, África, Europa, Ásia e Estados Unidos. As histórias que ele escreveu em seus relatórios regulares de sua jornada, enquanto viajava de cidade em cidade e de país em país, colocando livros, são de uma leitura fascinante. Você pode ver resumos de algumas de suas histórias no site da Fundação em: https://www.urantia.org/search/node/mark%20bloomfield

Mark foi chamado de "Johnny Appleseed" e "Indiana Jones" do movimento de Urântia, mas ele gostava de se chamar "menino da tarefa", dizendo que seu modelo histórico favorito era o jovem John Mark, que passou o dia inteiro nas colinas a sós com Jesus. No final de um de seus relatórios de campo, Mark escreveu:

“E tudo isso explica muito por que esse pesquisador de campo em particular tem feito o que vem fazendo nesses anos, pois o menino da tarefa dos dias de Jesus [João Marcos] tem sido a referencia mais próximo a ser adotada como modelo.”

Mark morreu recentemente de ferimentos após um trágico incidente em Swansea, no País de Gales. Ele tinha apenas 54 anos. Nossa sincera simpatia e orações vão para a família de Mark e para todos aqueles que o conheciam bem e o chamavam de "amigo" e "irmão". Que sua ressurreição nos mundos das mansões seja alegre e compense a maneira trágica de sua partida prematura deste mundo. Adeus, Mark, até nos encontrarmos novamente.

Foundation Info

Versão para impressãoVersão para impressão

Urantia Foundation, 533 W. Diversey Parkway, Chicago, IL 60614, USA
Tel: +1-773-525-3319; Fax: +1-773-525-7739
© Urantia Foundation. All rights reserved