O Que O livro de Urântia Significa para Mim

Versão para impressãoVersão para impressão
Brad Garner

Por Brad Garner, Arizona, Estados Unidos

Sou aluno de segunda geração de O livro de Urântia, por toda a vida, por meio de meus pais. Olhando para trás na minha vida, posso ver como os significados do livro evoluíram para mim. Abaixo está uma visão de algumas das coisas que eu descobri. Dividi minha vida em capítulos. Cada capítulo apresenta uma pequena citação do Livro de Urântia que exemplifica esse período da minha vida, e descrevo um pouco mais sobre o que estava acontecendo naquela época.

Escola Primária

"Seu mundo, Urântia, é um dos muitos planetas habitados semelhantes que compõem o universo local de Nebadon." 0: 0.5 (1.5) Não me lembro de uma época em que acreditei que estivéssemos sozinhos no universo. Quando garoto, não conseguia ler muito intensamente O Livro de Urântia, mas tenho certeza de que pelo menos li a página 1 no meu oitavo ano. E aposto que meus pais tentaram me explicar Nebadon "com um movimento circular de seu braço" 93: 2.3 (1015.3) no céu noturno. Tornar-se fã de Star Trek foi um próximo passo certo.

Ensino Médio

“As plantas e os animais sobrevivem no tempo pela técnica de passar, de uma geração a outra, partículas idênticas de si próprios. A alma (a personalidade) do homem sobrevive à morte do corpo pela associação de identidade com essa chama residente de divindade, a qual é immortal...” 132: 3.6 (1459.6) Embora eu ainda não pudesse aplicar os princípios filosóficos à vida diária, pude ler O Livro de Urântia e aparentemente extrair regras doutrinárias para salvação, vida imortal, oração etc. Essa citação específica é comovente porque o gato de nossa família e minha avó morreram quando eu tinha 16 anos. Ficou claro que não voltaria a ver nosso gato, mas que voltaria a ver minha avó. Durante anos, chorei amargamente pelo meu gato perdido; Ainda não compreendi nenhum senso lógico e holístico de por que os animais não compartilham o mesmo destino que os humanos.

Estudante Universitário

“Que distorção do caráter infinito de Deus não é o ensinamento de que o Seu coração paternal, em Sua suposta frieza e dureza austeras, não era tocado pelos sofrimentos e infortúnios das Suas criaturas, de que a Sua misericórdia terna não seria distribuída senão quando Ele visse o Seu Filho inocente sangrando e morrendo na cruz no Calvário!” 4: 5.6 (60.5) Meu zelo religioso aumentou aos 20 anos. Passei horas discutindo com proselitistas cristãos no campus sobre a doutrina da expiação. Eu ignorei a possibilidade de que a doutrina da expiação fosse um dos compromissos dos “negociantes teológicos perspicazes”, 195: 1.4 (2071.4), como um aceno aos cultos fantasmas da religião evolucionária, para ganhar adeptos e estabelecer um conceito sólido de redenção. Oh! quantas cópias do livro de Urântia eu enfiei nas mãos de pessoas desinteressadas? Quão certo estou que nem um único foi lido? Eu ainda não entendia completamente como a unidade entre os religiosos pode existir, mesmo na ausência de doutrinas ou textos compartilhados.

Pós-Graduação

Eu me afastei do Livro de Urântia por anos, vagando por um deserto de um vago místico-secularismo da nova era da fantasia em minha própria imaginação. Em meus 30 e poucos anos, esse deserto havia minado a vitalidade da vida. Senti o “evidente pessimismo” 97: 8.2 (1070.5) do rei Salomão quando em Eclesiastes ele escreveu, sobre a vida: “Simples fumaça! Vaidade de vaidades! Totalmente sem sentido!

Ápice da Carreira Assalariada

"Mesmo o trabalho deste mundo, por mais importante que seja, não tem tanta importância, não tanto quanto a maneira com a qual vós fazeis esse trabalho." 39: 4.13 (435.6) Um renascimento de O Livro de Urântia em minha vida coincidiu com subir na escada da carreira profissional. Eu sutilmente incorporei o livro em meus escritos e estilo de liderança no trabalho, para aparente positivo efeito e remuneração. Parecia uma maneira decente de viver. Mas algo estava me atormentando quando eu queimei a vela nos dois extremos: em retrospecto, posso ver que uma parte egoísta de mim estava tentando me mostrar melhor do que meus colegas e superiores. A ambição deveria ter sido uma palavra de advertência, não uma palavra de impulso. "E quão perigosa a ambição pode tornar-se, uma vez que esteja totalmente casada com o egoísmo e sob a motivação suprema de uma vingança sombria e longamente contida!" 177: 4.10 (1926.3)

Meia Idade

“Não vos desencorajeis com a descoberta de que sois humanos… Deveis aliviar os fardos da vossa alma adquirindo rapidamente uma visão de longa distância do vosso destino, uma expansão da vossa carreira no universo.” 156: 5.8 (1739.3) Logo após os 40 anos e a "idade do discernimento" 107: 0.7 (1177.1), algo mudou. Era quase tangível na minha mente. Um dia, acordei e descobri que minhas ambições de carreira haviam evaporado. E então, no final daquele ano, meu pai morreu, levando a uma melhor compreensão da minha própria mortalidade. Eu pronunciei em seu elogio final “…em todas as horas escuras, em todas as encruzilhadas na luta para ir à frente, o Espírito da Verdade falará sempre, declarando: 'Este é o caminho'”. 34: 7.8 (383.2) Menos para o público fúnebre, talvez, essas palavras certamente tiveram um significado para mim. Minha vida estava em uma encruzilhada.

No meu aniversário de 41 anos, eu olhava sombriamente para o espelho: a indolência e o egoísmo que eu pensava ter visto em colegas de trabalho que agora via em mim. No meu aniversário de 42 anos, eu havia abandonado o emprego confortável demais. Agora, aos 43 anos, estou entre os trabalhadores independentes, procurando aventura e comunidade. Talvez um dia eu saiba melhor por que um Mensageiro Solitário usa não um, mas dois pontos de exclamação para resumir nossas carreiras ascendentes: “Que aventura! Que epopéia romanesca! 112: 7.18 (1239,7)

Crescer e (às vezes) lutar com o Livro de Urântia definiu minha vida. Eu recomendo esse “esforço, luta, conflito, fé, determinação, amor, lealdade e progresso” 155: 5.11 (1729.6) para qualquer aluno sincero.

Foundation Info

Versão para impressãoVersão para impressão

Urantia Foundation, 533 W. Diversey Parkway, Chicago, IL 60614, USA
Tel: +1-773-525-3319; Fax: +1-773-525-7739
© Urantia Foundation. All rights reserved